Rede Manchete

Pantanal

Sinopse de Pantanal

Por Diogo Montano, em 10/01/2006

Chamada de lançamento de Pantanal
A sinopse conta a história de um casal de posserios que chega ao Pantanal à procura de "uma terra que não tenha tantos donos". Maria Marruá, vivida por Cássia Kiss e Zé, interpretado por José Dummont, depois de muito sofrerem com a perda de todos os seus filhos em conflitos com fazendeiros, resolvem reconstruir suas vidas na região do Pantanal. Quando chegam, Maria engravida indesejadamente. A cena na qual Maria dá a luz à menina Juma é histórica: a mulher, com o intuito de abandonar a filha, sobe numa canoa e, no meio do rio, dá a luz. Em seguida, abandona a filha e empurra a canoa rio acima. Desesperada, volta e resgata o bebê, arrependida do que fizera e esperançosa de que o que ocorrera com os outros filhos não se repita com Juma. A partir daí, começa uma verdadeira trama, transformando os personagens em heróis e verdadeiras lendas. A mulher que virava onça e o Velho do Rio brilhavam entre a beleza das imagens cuidadosamente dirigidas por Jayme Monjardim. Tudo isso, aliado ao erotismo, deu a novela o sucesso de crítica e audiência.

Cristiana Oliveira interpretava Juma, criada por sua mãe, que ficara viúva. Da mãe, herdou o dom de virar onça quando se sentisse ameaçada. A jovem conhece Jove interpretado por Marcos Winter, filho de Zé Leôncio (Claudio Marzo), um dos mais importantes fazendeiros da região. Jove fora criado em São Paulo e resolve morar no Pantanal com o pai, quando rapaz. A partir daí, o Pantanal vira o cenário de uma forte história de paixão e amor envolvendo os personagens.

Paralelamente, Ângela Leal vivia Maria Bruaca, uma esposa totalmente curvada às ordens de seu marido, Tenório. Mulher totalmente reprimida, se revolta com os maus tratos do marido quando descobre que ele tem outra esposa e com ela três filhos. Bruaca se apaixona pelo Peão Alcides(Ângelo Antônio)e deixa o marido para viver seu amor com o rapaz. Tenório é o mesmo homem que vendeu sítios que não lhe pertenciam para os pais de Juma, o que causou uma guerra entre os verdadeiros e os novos donos, resultando na morte de todos os filhos de Maria Marruá.

Por Diogo Montano, em 10/01/2006

leia também sobre Pantanal

artigos

ver todos