Rede Manchete

Brida

Sinopse de Brida

Brida - 1998
Brida - 1998

Na Irlanda do século XVII, a jovem Brida fugia das maldições de um bruxo. Passados 300 anos, o bruxo continua perseguindo a moça, a única que tinha poderes capazes de destruí-lo. Nessa encarnação, Brida é filha de uma família abastada, e noiva de Lorens. Seu pai é um dos sócios de uma importante empresa da qual seu mago arqui-rival é um dos principais empregados. Sem saber que o braço direito de seu pai é na realidade um bruxo que a atormentara em encarnações passadas, a moça vai passar pelos mais variados perigos em suas mãos.

Brida não conseguia administrar seus poderes, que já começavam a se mostrar evidentes. O dom de enxergar o que estava por vir era um deles. Entre as amigas de Brida, a ambiciosa Priscila é apaixonada por Lorens e, seduzida pelo mago, arma as maiores ciladas para terminar com o romance de Brida com o rapaz.

A história central muda totalmente quando entram na trama vários novos personagens. Tânia Alves aparecia na história como sendo Mercedes, a dona do Spa onde Brida fora passar uns dias. Neste mesmo núcleo, surge , personagem de Victor Wagner e Elvira, personagem de Carla Regina. A novela é apimentada com cenas de sexo, e a sinopse inicial parecia estar esquecida.

Por Miguel Rivera, em 13/02/2006

leia também sobre Brida

artigos

ver todos