Rede Manchete

Ana Raio e Ze Trovao

Sinopse de Ana Raio e Zé Trovão

Por O Manchetista, em 13/03/2006
A História de Ana Raio e Zé Trovão - 1990 - Trecho da Vinheta
A História de Ana Raio e Zé Trovão - 1990 - Trecho da Vinheta

Ana de Nazaré, ainda criança, mora numa fazenda com o pai e aos treze anos é estuprada por Canjerê. Ana fica grávida e dá a luz a uma menina a quem dá o nome de Maria Lua, e que é raptada pelo pai.

Treze anos se passam e Ana de Nazaré decide participar de um concurso para ser a nova peoa da companhia de rodeios Dolores Estrada, a maior do país e cuja maior atração é o peão Zé Trovão, um rapaz que desconhece seu passado. Entre rodeios, feiras e viagens pelo Brasil, a história de amor de Ana Raio e Zé Trovão se consolida. 

Maria Lua, por sua vez, foge do colégio de freiras onde seu pai a mantinha, e volta para a casa do pai, onde descobre os crimes que seu pai comete com o seu braço direito, Ubiratan. Apavorada, a menina foge de casa, impulsionada pela possibilidade cada vez maior de sua mãe realmente estar viva. Maria Lua vai a procura da mãe, e passa quase toda trama sendo procurada pelo pai e ao mesmo tempo sempre muito perto de sua mãe.

Ana de Nazaré se transforma em Ana Raio, ganha fama, fãs pelo país e monta sua própria companhia de rodeios. Durante toda a trama a peoa busca sua filha, e ao mesmo tempo é procurada por Canjerê, que ainda nutre um desejo de vingança pela queimadura que Ana deixara no seu rosto durante o rapto de Maria Lua.

Meses antes da novela chegar ao fim, a peoa encontra sua filha, depois de receber ajuda de personagens misteriosos, que apareciam como fantasmas pelo seu caminho, como a  Velha Biga (Ângela Leal). A partir daí a trama gira em torno da aceitação de Ana como mulher e a dificuldade que os traumas com o estupro provocam na aproximação definitiva com Zé Trovão.

Por O Manchetista, em 13/03/2006

leia também sobre Ana Raio e Ze Trovao

artigos

ver todos