Rede Manchete

Tocaia Grande

Tocaia Grande traz de volta o público da Manchete

Cena de Tocaia Grande
Cena de Tocaia Grande

Tocaia grande estreou no dia 16 de Outubro de 1995 e terminou quase um ano depois, no dia 16 de setembro de 1996. Adolpho Bloch apostou na novela e desembolsou cerca de 8 milhões iniciais na confecção de figurinos, cenários, construção de uma cidade cenográfica (em Maricá, RJ), e novos profissionais. Era a esperança do empresário para voltar a produzir grandes novelas e alavancar a audiência da Manchete.

Baseada no livro de Jorge Amado, e dirigida por Régis Cardoso, a novela começava a ser produzida. As cenas externas eram gravadas na cidade cenográfica de Maricá, onde a Itabuna dos anos 20 estava fielmente retratada. As internas eram geradas do Complexo de Água Gradnde, onde estavam montandos mais de 80 cenários para a superprodução.

A Itabuna dos anos XX foi fielmente retratada pelo Departamento de Engenharia da Manchete. 120 funcionários trabalharam pesado e ergueram a cidade no tempo récorde de 70 dias.

A novela estreou com barulho, mas não obteve os resultados que Bloch imaginava. Com uma audiência presa nos 3 pontos e descontente com os resultados, Adolpho resolve trocar o diretor da trama. Com dois meses de exibição, Walter Avancinni assumia o controle da novela e, de imediato, chamou Walter George Durst para chefiar o time de roteiristas.

Pouco depois de contratar Avancinni, Adolpho Bloch falecia.

As primeiras providências do novo diretor foram rápidas. De uma vez só Avancinni agilizou a história, trouxe vários personagens e acabou com outros, "enxugando" o elenco da novela - que possuia cerca de 74 personagens. Além disso, deu boas pitadas de erotismo às cenas. Uma série de jovens atores entrava na história, como por exemplo, Carla Regina, Joana Limaverde e Ana Cecília.

Os resultados vieram rápido. A novela ficou com uma aidiência de 10 pontos em média, com chegava frequentemente a 12.

Além disso, a novela contava ainda com algumas participações especiais, como a da atriz Patrícia Luchesi. Merece destaque ainda Mírian Pires, que viveu a esposa de Boaventura Amaral. Dalton Vigh viveu Venturinha. Joana Limaverde interpretou Buriti, outra prostituta que se apaixona por um Turco. E Carla Regina fazia parte dos novos moradores da cidade de Tocaia Grande.

De um modo geral, o rendimento da novela foi bom. Considerando que esta era praticamente a primeira novela de uma emissora que não as fazia há muito tempo, a novela teve sua audiência justa. Os 22 pontos sonhados por Adolpho Bloch não poderiam ser conseguidos, pois, nessa época, a Manchete não tinha mais um público cativo. Era necessário "reatrair" esse telespectador, para que ele voltasse a confiar na emissora e se fixasse novamente nela. Quando "Xica da Silva" estreou, teve uma audiência de 17 pontos, só conseguido através do público que assistia "Tocaia". A novela também significou a volta dos faturamentos e créditos ao canal. Durante os 11 meses que esteve no ar, vários programas começararam a ser produzidos e, no final da novela, a programação da Manchete já era bem diferente da de outubro de 95.

Por Diogo Montano, em 11/04/2005

leia também sobre Tocaia Grande

artigos

ver todos