pra sempre no ar

Trajetoria da Manchete

1983: Estréia a Rede Manchete de Televisão

09/04/2005 por Diogo Montano

Finalmente em 5 de junho de 1983, domingo, entrou no ar a Rede Manchete de Televisão. Com cinco emissoras, nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Recife e Fortaleza, e também uma forte afiliada, a TV Pampa de Porto Alegre, a programação da nova rede foi aberta por Adolpho Bloch com um pronunciamento onde o empresário mostrou aos telespectadores o resultado de dois anos de investimento. Depois de saudar cada uma das emissoras concorrentes, Adolpho Bloch fechou o discurso com a seguinte frase: "Deixo com vocês, meus amigos, a Rede Manchete de Televisão. Ela está no ar".

Estréia da Manchete
Discurso de Adolpho Bloch durante o lançamento da TV Manchete, em 1983.
Depois de saudar os concorrentes, principalmente Roberto Marinho, Adolpho Bloch dá o pontapé inical da TV Manchete, seguido pela consagrada vinheta de abertura, e início do show especial "Mundo Mágico".

A partir desse momento uma imagem impactante invadia os lares do Brasil: o logotipo da Manchete sobrevoava várias cidades do país como uma nave espacial, numa vinheta futurista, acompanhada de uma música caracteristicamente jovem. O logotipo, depois de sobrevoar as cidades onde a rede possuía emissoras, pousava sobre o prédio da sede carioca: um espanto! A vinheta de abertura da Rede Manchete insinuava um nível tecnológico inédito na TV Brasileira. A emissora possuía um departamento gráfico, denominado Manchete Computers Graphics, que era considerado um dos mais modernos do mundo.

Manchete Computer Grafics
Os equipamentos importados de última geração caracterizavam a Manchete como a emissora de Televisão mais avançada da época. Adolpho Bloch precisou de dois anos para equipar a rede. Projetos Gráficos e Designs ficavam por conta de uma divisão interna denominada Manchete Computer Grafics, capitaneada pelo americano Samuel Tolbert e por Toni Cid Guimarães (atualmente na Globo). Tolbert criou toda a instalação da emissora e implantou todos os grandes projetos da rede. Na época, ele tinha uma emissora nos Estados Unidos e foi ainda o criador do sistema de microondas que transmitiu a chegada do homem à Lua. O "Manchete Computers Graphics" era um dos mais avançados departamentos gráficos do mundo.

Logo após a abertura foi exibido um show intitulado "Mundo Mágico", que ameaçou a liderança, ficando em muitos momentos com uma audiência superior à do "Fantástico". O show foi exibido das 20h às 22h, e tinha a intenção de mostrar o que seria a nova emissora: Adolpho Bloch prometia uma emissora baseada em no dueto programação de qualidade (não popular) e alta tecnologia.

Videogame, de Roupa Nova
Para dar o tom jovem à "TV do Ano 2000", a emissora estreou repleta de vinhetas com músicas derivadas da canção "Videogame", composta pelo conjunto pop "Roupa Nova" especialmente para a emissora. Num trabalho minucioso, a equipe da Manchete criou várias canções a partir da original. De todas as vinhetas, que incluía a vinheta de abertura da programação até as vinhetas interprogramas, a que trouxe a versão mais fiel à original "videogame" foi a vinheta de abertura do "Jornal da Manchete". No vídeo ao lado é possível ouvir a versão original da canção.

O Show não parou por aí. Às 22hs, entrava no ar a superprodução inédita "Contatos Imediatos de Terceiro Grau", de Steven Spilberg. A partir de então, a recém-nascida Manchete liderou a audiência, ficando cravando 29 pontos de audiência, ultrapassando a TV Globo.

Do ponto-de-vista da concorrência, o que surgia era uma emissora com plástica jovem, audaciosa, com profissionais de ponta e tecnologicamente incomparável. A Manchete parecia preparada conquistar importante colocação nos quesitos de audiência e de faturamento.

Estava no ar a "Televisão de Primeira Classe" ou "TV do ano 2000", como anunciavam seus slogans.

O M mais famoso do Brasil
Criado pela agência de publicidade DPZ, logo da Manchete era formado por quatro cilindros e cinco bolas, cada uma representando uma cidade onde a rede possuía emissoras próprias, formando a letra "M".

No vídeo ao lado, a primeira vinheta interprogramas da emissora, que permaneceu no ar durante os primeiros anos.

As emissoras de Fortaleza e Recife não entraram no ar neste dia. Elas ainda não estavam prontas para estrear, de acordo com os mesmos padrões de qualidade e alta tecnologia que estavam implantados no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

PROGRAMAÇÃO

Grade de Programação em 1983
SEGUNDA A SEXTA
14:58 Vinheta de Abertura
15:00 Sessão Desenho
17:00 Clube da Criança
19:00 Manchete Panorama
19:30 Manchete Esportiva
19:45 Jornal da Manchete
21:10
-seg: Trapper John-Médico (seriado)
-ter: Fama (seriado)
-qua: Cassie (seriado)
-qui: Acredite se quiser (seriado)
-sex: Caçador de Aventuras (seriado)
21:30 Sessão de Filme
23:30 Jornal da Manchete 2ª edição


SÁBADOS
15:00 Sessão Desenho
17:00 Clube da Criança
19:00 Manchete Panorama
19:30 Manchete Esportiva
19:45 Jornal da Manchete
20:30 Show Especial
21:30 As Aventuras de um Jovem(filme)


DOMINGOS
15:00 Sessão Desenho
17:00 Clube da Criança
19:00 Especial Projeto UFO
20:00 JK- Sete anos sem a sua companhia (Documentário)
21:00 A Fonte dos Desejos(filme)
23:00 Filhos e Amantes-2ªParte(seriado)
0:00 VT Completo de América x Guarani
A Manchete estreou com uma programação que contava basicamente com o tripé formado por jornalismo, filmes e musicais. O Jornal da Manchete em muito lembrava a recém-inaugurada CNN dos EUA. A programação traria premiadas séries americanas como "Os Caçadores de Aventura" e "Fama", além de filmes de renome como "Guerra nas Estrelas" e "Terremoto" e ainda consagradas produções do cinema mundial.

Jornal da Manchete
O Jornal da Manchete era o carro-chefe da programação da emissora, e tinha ao todo 2 horas de duração. Era composto por três módulos: Manchete Panorama (entretenimento), Manchete Esportiva, Manchete Internacional e Jornal da Manchete.
O carro-chefe da programação da emissora era apresentado do Rio de Janeiro por Carlos Bianchinni e Ronaldo Rosas.
Já a segunda edição do jornal, que ia ao ar depois da meia-noite, era gerado de São Paulo com apresentação de Roberto Maya e Luiz Santoro.

Além do jornal, musicais, filmes e séries, estreou também o Clube da Criança, um programa infantil comandado pela então modelo Xuxa Meneghel. O formato, inovador na TV Brasileira, misturava números musicais, brincadeiras, desenhos animados e a presença constante das crianças no palco. Xuxa foi orientada pelo palhaço Carequinha, que deu toques circences à atração. O programa era exibido diariamente, das 17h às 19h.

Clube da Criança
O Clube estreou em 1983, das 17h às 19h, e marcou a estreia do formato de prorama infantil que faria sucesso no país pelas décadas de 80 e 90. Também lançou Xuxa como apresentadora, que devido ao sucesso alcançado pelo programa, foi contratada em 1986 pela TV Globo para apresentar um programa nos mesmos moldes. O Clube continuou sob o comando de Angélica. A última versão do programa foi ao ar em 1998, com Débora Lagranha (Debby).

Roberto D'Ávila chegou a entrevistar Fidel Castro
Outro programa importante no ano da estreia foi o Conexão internacional, com Roberto D'Ávila. A cada nova edição, o jornalista entrevistava uma personalidade. O programa teve grande repercussão, e chegou a entrevistar o ex-ditador cubano, então presidente do país caribenho, Fidel Castro.

No final do ano entrou no ar a revista eletrônica Programa de Domingo. Além das principais notícias do domingo, o programa tinha um forte apelo cultural cobrindo artes, espetáculos, teatro e cinema, além de matérias sobre cotidiano, comportamento, saúde e outros temas pertinentes.

Bar Academia
O Bar Academia estreou no dia 15 de agosto de 1983, apresentado por Walmor Chagas e dirigido por Maurício Shermman. A idéia era valorizar a MPB, criando um ambiente onde os artistas pudessem mostrar seu talento em um clima de bate-papo. O cenário tinha uma mesa de bar com imagens de artistas consagrados ao fundo. O programa tinha ainda como entrevistadores o jornalista Sérgio Cabral e o Poeta Geraldo Carneiro. Recebeu artistas de renome, como Tom Jobim, Chico Buarque, Maria Bethânia e Gilberto Gil.


 
espalhe:
comentários
Menu » Home | Vídeos | Artigos | Fotos | História
 
Serviços » Login | Cadastre-se | Incluir Vídeo | Escrever Artigo | Incluir Foto
 
Novelas Jornalismo Infantis Mais
Pantanal
Ana Raio & Zé Trovão
Kananga do Japão
Mandacaru
Dona Beija
Xica da Silva
Corpo Santo
Mais Novelas
 
Jornal da Manchete
Carnaval da Manchete
Documentários
Esportes
Clube da Criança
Séries Japonesas
Cometa Alegria
Mais Infantis
Humorísticos
Variedades
Entrevistas
O Site » Quem Somos | Fale Conosco
 
Este site não possui qualquer relação comercial com a extinta TV Manchete Ltda.
No ar desde set/1999. Idealizado, mantido e desenvolvido por Diogo Montano
title= title=