Rede Manchete

Na Rota do Crime

Na Rota do Crime lidera audiência

Por Diogo Montano, em 11/04/2005
Na Rota do Crime
Na Rota do Crime
Criação de Fernando Barbosa Lima, O Na Rota do Crime estreou em abril de 1996, junto com o pacote de programas populares. Surgiu a partir do sucesso do episódio Na Rota da Morte, do 24 Horas. Foi extinto em 1998.

Era apresentado todas as sextas-feiras às 22:30 por Marcos Hummel, seu propósito era acompanhar as diversas batidas policias pela cidade de São Paulo, mostrando, desde estouros de bocas de fumo pela cidade até cenas de tiroteio entre os policiais e os traficantes. Além disso, também mostrava imagens de criminosos foragidos.

Em 1997 o programa ganhava uma edição diária às 20h com meia hora de duração e apresentada por Florestan Fernandes. A partri daí, passou a acompanhar as polícias de outros estados também, não se restringindo à do Estado de SP.

Os jornalistas passavam por verdadeiras aventuras, ou de certa forma, por apuros. Eles tinham que acompanhar a polícia, tanto no trânsito, como nas diversas trocas de tiros.

Em 1998, Marcos Hummel foi para a TV Bandeirantes e Augusto Xavier foi chamado para ocupar seu lugar no programa.

Durante os dois anos e meio que esteve no ar, foi, por muitas vezes o campeão de audiência da programação semanal da Manchete". O programa registava médias de 14 pontos e ultrapassou a Globo por várias vezes, ficando em primeiro lugar.

"Na Rota do Crime" serviu também foi uma tentativa de integrar o telespecatdor de SP com a Manchete, até então vista como uma emissora carioca. Além disso, tinha uma fórmula que se desgastaria com facilidade, embora tenha ficado durante esses três anos no ar com sucesso.
Por Diogo Montano, em 11/04/2005

artigos

ver todos