Rede Manchete

Trajetoria da Manchete

A tecnologia de ponta e as modernas instalações da Manchete

Contrução da Segunda metade do que atpe hoje é um doa mais belos prédios do Rio de Janeiro. A sede das empresa Bloch.
Contrução da Segunda metade do que atpe hoje é um doa mais belos prédios do Rio de Janeiro. A sede das empresa Bloch.
A Rede Manchete entrou no ar com cinco emissoras próprias, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza e Recife, e uma grande afiliada, a TV Pampa de Porto Alegre. A emissora dos Bloch tinha uma cobertura de fazer inveja ao SBT. Rapidamente, a rede adquiriu mais afiliadas, chegando a cobrir 82% do território nacional.

Os equipamentos importados de última geração caracterizavam a Manchete como a emissora de Televisão mais avançada da época. Adolpho Bloch precisou de dois anos para equipar a rede. Projetos Gráficos e Designs ficavam por conta de uma divisão interna denominada Manchete Computer Grafics, capitaneada pelo americano Samuel Tolbert e por Toni Cid Guimarães (atualmente na Globo). Tolbert criou toda a instalação da emissora e implantou todos os grandes projetos da rede. Na época, ele tinha uma emissora nos Estados Unidos e foi ainda o criador do sistema de microondas que transmitiu a chegada do homem à Lua. O "Manchete Computers Graphics" era um dos mais avançados departamentos gráficos do mundo.

O prédio da Bloch Editores na zona sul carioca ficaria pequeno para suportar a emissora. Já pensando nisso, Adolpho Bloch começou a construção da segunda metade do prédio com a arquitetura de seu amigo pessoal Oscar Niemeyer. Carlos Chagas lembra do dia no qual Adolpho comemorava a compra do terreno da casa ao lado do então prédio da editora, no qual ele construiria um edifício que oferecesse as condições necessárias para a implantação de sua comunicação eletrônica.

O Grande pédio do Rússel foi contsruído e lá seria instalada a Rede Manchete de Televisão. O quarto e o quinto andar seriam totalamente voltados para a redação e a diretoria da emissora. No primeiro andar ficariam localizados os estúdios. E a Presidência das empresas Bloch se instalaria no 9º andar.

Em janeiro de 1990 a emissora inaugurou uma mini-sede na cidade de São Paulo a um custo total de 25 milhões de dólares. O edifício, que abrigaria departamentos de Jornalismo, produção de shows, cenários para telenovelas e a redação das revistas, foi arquitetado por Oscar Niemeyer, assim como a sede carioca. O prédio era uma miniatura do que o Grupo possuía no Rio de Janeiro e São Paulo. Na fotografia abaixo podemos ver, à esquerda, os estúdios da emissora, uma ampliação da antiga sede da editora na cidade de São Paulo, localizado à Rua Bruxelas, e à direita um predio idêntico ao prédio-sede do Rio de Janeiro. A mini-sede substituiria a atiga redação da Bloch Editores e, por tradição, possuía um enorme logotipo ao topo.

A idéia de diminuir custos e agilizar a produção de programas já fazia parte dos planos da diretoria da Rede. A idéia era construir um centro capaz de produzir programas de todos os tipos, onde fossem concentradas as oficinas, os estúdios e os camarins. Nascia aí a idéia que o levaria a Rede Manchete a construir o Complexo de Água Grande, um modelo que seria copiado mais tarde pela Globo e SBT.
Por Diogo Montano, em 17/05/2005

leia também sobre Trajetoria da Manchete

artigos

ver todos