Rede Manchete

Trajetoria da Manchete

Cidades Cenográficas: construções ambiciosas e cidades retratadas com detalhismo.

Por Diogo Montano, em 17/05/2005
Cidade cenográfica erguida em Maricá
Cidade cenográfica erguida em Maricá
Devido à limitação física oferecida pelo Complexo de Água Grande, que por se localizar em área urbana não tinha condições de ampliação, o centro não poderia suportar a construção de cidades cenográficas.

Para solucionar o problema, a emissora utilizou duas grandes áreas. Inicialmente as cidades cenográficas eram erguidas na Barra da Tijuca, ao lado do Rio Centro. Lá foram feitas as primeiras novelas da Manchete.

Em 1994 a Manchete adquiriu uma grande área localizada no município de Maricá, a 40 km do Rio de Janeiro. Lá foram construídas demais cidades cenográficas. Tocaia Grande, Xica da Silva e Mandacaru passaram por lá.

Sem dúvida, as gravações acabavam saindo mais dispendiosas, mas não havia outro jeito. "Água Grande" localiza-se em meio urbano, sem espaço disponível para a contrução de cidades. Anteriormente à construção de "Água Grande", pensou-se em construir o complexo na região do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, onde hoje localiza-se o Projac, mas isso estava acima dos recursos da emissora e o projeto foi modificado. O Complexo acabou sendo feito em separado às cidades cenográficas.
Por Diogo Montano, em 17/05/2005

leia também sobre Trajetoria da Manchete

artigos

ver todos